top of page
  • Foto do escritorASCL - Jardim das Borboletas

Coragem: conversando sobre temas difíceis!

Atualizado: 15 de mai.

Pela Equipe de Comunicação e Divulgação da ASCL - Jardim das Borboletas


ASCL - Jardim das Borboletas: Maio é um mês de conscientização sobre o abuso sexual infantil.
Maio é um mês de conscientização sobre o abuso sexual infantil. Disque 100!

Maio é considerado, em vários lugares, o mês de conscientização sobre o abuso sexual infantil. A conscientização sobre o abuso sexual infantil é indispensável para prevenir esse tipo de violência e para promover a segurança e o bem-estar das crianças.

 

A educação das crianças em relação aos seus corpos, limites e como solicitar ajuda, além de criar ambientes seguros e de apoio, são algumas das maneiras pelas quais cada um de nós pode contribuir para prevenir o abuso sexual infantil e proteger as crianças. 


ASCL - Jardim das Borboletas: Rompendo tabus para lidar e combater o abuso sexual contra crianças.
Rompendo tabus para lidar e combater o abuso sexual contra crianças.

Sugerimos alguns livros que tratam do tema, de acordo com a faixa etária específica:

 

1 - O livro infantil "Pipo e Fifi", escrito por Caroline Arcari e publicado pela Editora Caqui, sugere caminhos para a comunicação e proteção contra o abuso sexual. De forma clara e objetiva, apresenta as diferenças entre o toque afetivo e o abuso, de forma compreensível para crianças a partir de 3 anos. A autora possui diversos livros publicados sobre consciência corporal e prevenção de violência sexual, dentre eles "Que legal O abraço de Cacau" e "Ceci Tem Pipi?".


ASCL - Jardim das Borboltas - Livros de prevenção ao abuso sexual - Pipo e Fifi
Os livros podem ser um recurso de proteção poderoso para proteger crianças!

  

2 - O livro "Que legal O abraço de Cacau", de Caroline Arcari, publicado pela Editora Caqui, narra a história de uma capivara que gostava de abraçar. Abraçava animais, flores, pedras e até mesmo o ar. Entretanto, com seus amigos, ela conheceu os limites de um abraço, toque ou cumprimento e descobriu uma valiosa lição sobre consentimento. É um livro recomendado para crianças de 4 a 6 anos.


ASCL - Jardim das Borboletas - Livros de prevenção ao abuso sexual - Que legal O abraço de Cacau
Este livro auxilia as crianças a se defenderem e evitarem o abuso sexual.

  

3 - O livro "Meu Corpo, meu Corpinho", de Roseli Mendonça, publicado pela Editora Matrescência, é recomendado para crianças de 4 a 6 anos. Aborda temas como integridade física, privacidade e proteção, com ensinamentos sobre partes íntimas, o poder de dizer não e a importância do diálogo com um adulto de confiança.


ASCL - Jardim das Borboletas - Livros de prevenção ao abuso sexual - Meu Corpo, meu Corpinho
Dia 18 de maio é o dia nacional de combate ao abuso e à exploração sexual infantil no Brasil.

Vale ressaltar que a página do Ministério dos Direitos Humanos (https://sabe.mdh.gov.br/infantil/conteudo) tem vídeos com histórias que ensinam as crianças a se protegerem contra a violência sexual. Inclusive, alguns livros sugeridos por nós, como “Pipo e Fifi” e “Que Legal o Abraço de Cacau", você pode assistir à contação de histórias na página do Ministério pela contadora Fafá do canal Fafá Conta.

 

De acordo com o presidente Marcos Carvalho da ONG ASCL - Jardim das Borboletas, a escola tem um papel crucial nessa missão, pois é através da educação e conscientização que podemos construir uma sociedade mais justa e protetiva para as gerações futuras. 

 

Na Escola Infantil Casulo das Borboletas, oferecemos uma educação completa e de excelência, incluindo a proteção e o bem-estar dos nossos alunos. As crianças ficam em tempo integral, participando de atividades curriculares e extracurriculares que vão ajudá-las a se desenvolver de forma completa. Para ter mais informações sobre o nosso trabalho em prol dos direitos das crianças, acesse o nosso portal www.jardimdasborboletas.org.br e Blog para conferir a cobertura das nossas ações.


 

 


Commentaires


Les commentaires ont été désactivés.
bottom of page